» Intolerância ao glúten exige cuidado alimentar

Intolerância ao glúten exige cuidado alimentar

O glúten é um conjunto de proteínas presentes nas sementes do trigo, cevada, centeio e triticale, cereais que integram há milhares de anos a base da maioria dos alimentos consumidos pela população, como pães, bolos, macarrão, bolachas e tortas.

Delícias para muitos, esses alimentos podem ser um problema para cerca de 5% da população, por conta da intolerância e, sobretudo, alergia ao glúten.

Os organismos dessas pessoas, em razão da sensibilidade ao glúten, os impede de absorver adequadamente essa proteína, o que atrapalha o trânsito intestinal e ocasiona de dores abdominais e inchaços até distensões, diarreias e interferência na absorção de outros nutrientes, como ferro e cálcio, por exemplo.

Entre quem tem alergia ao glúten, há indivíduos hipersensíveis à proteína, o que corresponde a 1% da população, de acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde. Para eles, os efeitos da sensibilidade ao glúten são ainda mais graves. É que o organismo dos celíacos reconhece o glúten como um “corpo estranho”.

Diante do “invasor”, o sistema de defesa se “arma” e passa a atacar esse conjunto de proteínas, o que pode resultar em inflamações na mucosa intestinal, dermatites, má absorção, entre outros problemas, que, depois de instalados, somente são revertidos após dias, semanas ou mesmo meses de tratamento.

A doença celíaca é considerada autoimune, ou seja, é um problema crônico. O diagnóstico deve ser feito pelo pediatra ou pelo gastroenterologista, que, após, confirmá-la, irá encaminhar o paciente para um profissional de nutrição, a quem caberá elaborar dieta de controle alimentar, da qual não façam parte alimentos feitos com glúten ou com traços dessa proteína, no caso dos hipersensíveis.
Ao nutricionista também cabe avaliar a necessidade de inclusão de mais alimentos, de forma a minimizar as perdas por má absorção de outros nutrientes, como o ferro.

Para auxiliar nessa tarefa, a Humana Alimentar conta com portfólio composto por alimentos com selo “Glúten Free” ou “Sem glúten”, ou seja, com garantia de que não contêm glúten ou traços de glúten ou, ainda, foram produzidos sem o risco de contaminação cruzada (quando indústrias alimentícias manufaturam cereais diversos e, mesmo o fazendo em momentos diferentes, traços de glúten contaminam outros alimentos).

O portfólio sem glúten da Humana Alimentar é composto por produtos doces, salgados e farinha, permitindo ao celíaco ou intolerante ao glúten compor uma dieta variada e saudável. Conheça os produtos disponíveis em https://lojahumanaalimentar.com.br/o-que-deseja/semgluten.html

Humana Alimentar © 2018 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem